quinta-feira, 7 de julho de 2011

Associação dos Moradores de Jardim Brasil II é demolida pela Prefeitura de Olinda

Publicado em 07.07.2011, às 12h27

Do NE10
Arquivo Pessoal Bruna Alcantara / Facebook 
 
Na manhã desta quinta-feira (7), por volta das 7h20, a Prefeitura de Olinda foi até o bairro de Jardim Brasil II com um mandato de demolição de cinco imóveis. No terreno, foram derrubados uma igreja, uma oficina, uma Associação de Futebol, um ferro velho e a Associação dos Moradores de Jardim Brasil II.

Além de ser um centro de apoio aos moradores, que por meio dos serviços da instituição reivindicam os problemas que acontecem no bairro, inúmeras atividades que eram realizadas na Associação dos Moradores beneficiavam a comunidade. Os jovens praticavam capoeira, taekwondo, karate, entre outros esportes.

A unidade também abrigava o programa Pro-Jovem, do Governo Federal, resgatando a cidadania de adolescentes entre 14 e 16 anos. Para as mulheres, pintura em tecidos, bordados e crochês como geração de renda. A associação também era o único pólo do Sebrae em Olinda, valorizando o empreendedor individual.

De acordo com Teresinha de Souza, presidente da Associação dos Moradores de Jardim Brasil II, a Prefeitura de Olinda em momento nenhum informou que a demolição iria ser feita. "Não recebemos nenhum mandato anteriormente e nem uma forma de comunicado. Eles já chegaram retirando todo material que tinha dentro do imóvel e destruíram a casa", lamentou Teresinha.

No local também funcionava uma biblioteca, com 4.754 livros em seu acervo. "Eles levaram todos os nossos livros, os jogaram no carro como lixo", expressou a presidente, complementando que a comunidade está revoltada com a ação. Também foram levados computadores, cadeiras, mesas, além de um freezer doado pelo Governo Estadual. "No freezer nós armazenávamos leite e distribuíamos para as mães que precisavam, nem isso eles deixaram".
Teresinha ainda informou que a sede foi doada em projeto aprovado por unanimidade na Câmera dos Vereadores de Olinda para a Associação, desde 1988, onde funcionava até hoje. "Temos os decretos de lei e toda a documentação do cartório para comprovar que o imóvel é nosso". Já a Prefeitura diz que o terreno pertence ao órgão, e que na área será construído um conjunto habitacional.

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA - A Prefeitura de Olinda informa que o terreno onde estava construída a Associação de Moradores de Jardim Brasil, também estava uma igreja, uma oficina, uma associação de futebol e um ferro velho. Todos foram demolidos porque o terreno pertence a Prefeitura e será usado para construção de um conjunto habitacional com 220 unidades, que beneficiarão pessoas retiradas de áreas de vulnerabilidade social, no mesmo bairro. A Prefeitura esclarece ainda, que passou dois anos negociando com os proprietários dos imóveis para reintegração de posse do terreno, mas apenas os proprietários da igreja e da oficina fizeram acordo. A igreja recebeu terreno para construir em outro lugar e o proprietário da oficina terá direito a uma unidade habitacional do conjunto que será construído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário